Edital Anual 2016 - Combate à violência institucional e à discriminação

APRESENTAÇÃO

O objetivo do Fundo Brasil de Direitos Humanos é promover os direitos humanos no Brasil e sensibilizar a sociedade brasileira para que apoie iniciativas capazes de gerar novos caminhos e mudanças significativas para o país. Nosso compromisso é disponibilizar recursos para apoio institucional e para atividades de organizações da sociedade civil e de defensores e defensoras de direitos humanos em todo o território nacional, priorizando aqueles/as que disponham de poucos recursos e/ou que tenham dificuldades de acesso a outras fontes. 

A SELEÇÃO DE PROJETOS EM 2016

Em 2016, o Fundo Brasil de Direitos Humanos irá doar até R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais) para apoio a projetos. O Fundo Brasil prioriza o apoio a projetos institucionais, mas poderá oferecer bolsas individuais, desde que as propostas apresentadas atendam aos requisitos deste edital. 

QUE TIPOS DE PROJETOS O FUNDO BRASIL DE DIREITOS HUMANOS VAI APOIAR EM 2016?

Os que tenham por objetivo combater a violência institucional* e a discriminação. Aqueles que articulam o combate à violência institucional e à discriminação em uma ou mais das seguintes temáticas: direito a cidades justas e sustentáveis; direito à livre expressão, organização e manifestação; direito à livre orientação sexual e identidade de gênero; direito à terra e ao território; direito das mulheres; direito de crianças e adolescentes; direitos socioambientais no âmbito dos megaprojetos; enfrentamento ao racismo; enfrentamento ao tráfico de pessoas e ao trabalho escravo; garantia do Estado de Direito e justiça criminal.

Aqueles com valor total de no mínimo R$ 20.000,00 (vinte mil reais) e no máximo R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) para até um ano de duração.

Aqueles propostos por organizações com receita anual de, no máximo, R$ 700.000,00 (setecentos mil reais), visto que nossa prioridade é apoiar organizações com poucos recursos. 

QUE ELEMENTOS SERÃO CONSIDERADOS PARA A SELEÇÃO DOS PROJETOS?

• adequação ao foco do edital;

• impacto social pretendido;

• potencial efeito multiplicador do projeto;

• criatividade, caráter inovador e consistência da proposta;

• conexão com redes, fóruns, articulações locais, regionais ou nacionais;

• existência de vínculos estreitos com as comunidades com as quais a proposta se relaciona;

• adequação da proposta às necessidades reais da comunidade ou do público diretamente beneficiado;

• idoneidade e legitimidade do grupo, organização ou indivíduo que pretende executar as atividades;

• capacidade do proponente para o desenvolvimento do projeto proposto;

• diversidade regional. 

SOBRE OS CRITÉRIOS FORMAIS:

Serão aceitas propostas de indivíduos e organizações sociais sem fins lucrativos mesmo que ainda não formalizadas e/ou que não tenham CNPJ, desde que atendam aos demais requisitos deste edital.

Não serão apoiados projetos que não se adequem ao foco deste edital, nem projetos propostos por organizações governamentais, universidades, organizações internacionais, partidos políticos, empresas de pequeno ou médio porte, microempresas e microempreendedores individuais. 

COMO FAZER PARA ENVIAR O SEU PROJETO:

INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

O QUE ACONTECE COM O PROJETO DEPOIS QUE É ENCAMINHADO AO FUNDO BRASIL?

A equipe do Fundo Brasil examina o material e, se preciso, solicita ao proponente novas informações ou esclarecimentos. Os projetos são analisados e encaminhados a um Comitê de Seleção formado por especialistas. O Comitê se reunirá para indicar quais projetos serão apoiados, ficando a decisão final a cargo do Conselho Curador do Fundo Brasil.

O resultado do processo de seleção será informado por meio do nosso site a partir de 30 de junho de 2016.

EM CASO DE DÚVIDAS

Favor escrever para edital@fundodireitoshumanos.org.br.

• Dúvidas serão respondidas somente por email.

• Antes de remeter sua dúvida confira a lista de perguntas frequentes em nosso site www.fundodireitoshumanos.org.br, pois talvez sua questão já esteja respondida.