Notícias

No GIFE, coordenadora do Fundo Brasil defende apoio à sociedade civil

Organizações e movimentos são fundamentais para os avanços que o país precisa, diz Ana Valéria Araújo

10 abril 2018

- por Fundo Brasil de Direitos Humanos -

O debate coletivo foi realizado durante o X Congresso do GIFE, em São Paulo (Foto: Simone Nascimento)

Ana Valéria Araújo, coordenadora executiva do Fundo Brasil, foi uma das participantes do debate coletivo “Sustentabilidade e fortalecimento da sociedade civil”, na 10ª edição do Congresso GIFE – evento realizado de 4 a 6 de abril, com o tema “Brasil, democracia e desenvolvimento sustentável”, na Fecomércio de São Paulo.

Ela defendeu a importância da sustentabilidade das organizações e movimentos da sociedade civil para garantir os avanços sociais que o país tanto precisa.

“Poucas pessoas sabem que a Lei Maria da Penha, que trouxe avanços fenomenais para as mulheres, decorre de mais de 20 anos de lutas do movimento feminista”, citou como exemplo. “A verdade é que a sociedade civil organizada sempre trabalhou no backstage, e a gente se acostumou a achar que os direitos dos quais usufruímos hoje decorrem do Congresso Nacional, de algum parlamentar, de um presidente mais progressista, e não reconhecemos a relevância dos processos conduzidos pelas organizações e movimentos, que são quem realmente conduziram os avanços”.

Além de Ana Valéria, Eduardo Pannunzio, da FGV Direito, e José Marcelo Zacchi, e José Marcelo Zacchi, secretário-geral do GIFE, também participaram do debate coletivo, mediado por Aline Viotto (GIFE) e que teve como ponto central o fato de as organizações da sociedade civil serem fundamentais para o aprofundamento e consolidação da democracia e para a constituição de uma sociedade mais justa e solidária.

De acordo com a análise da coordenadora do Fundo Brasil, a defesa de direitos não progride sem a existência de uma grande mobilização e sem a atuação de organizações da sociedade civil.

O debate traduzido em desenhos, produzidos durante a conversa (Foto: Simone Nascimento)

GIFE

Ao longo dos anos, o congresso do GIFE consagrou-se como um importante espaço de aprendizado, diálogo e troca entre as principais lideranças de investidores sociais do país, dirigentes de organizações da sociedade civil, acadêmicos, consultores e representantes de governos.

O GIFE é a associação dos investidores sociais do Brasil, sejam eles institutos, fundações ou empresas. Nascido como grupo informal em 1989, o GIFE – Grupo de Institutos Fundações e Empresas, foi instituído como organização sem fins lucrativos, em 1995. Desde então, tornou-se referência no país no tema do investimento social privado.

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais