Notícias

Fundo Brasil debate direitos da juventude e as políticas de internação

Seminário será realizado na II Semana de formação em direitos humanos e educação popular da Ação Educativa

10 julho 2017

- por Cristina Camargo -

Em parceria com a Ação Educativa e com a Fundação Rosa Luxemburgo, o Fundo Brasil vai realizar nesta quinta-feira, dia 13, o ciclo de formação “Repressão, militarização e controlo de adolescentes: a seletividade da segurança e da Justiça – Um olhar sobre os direitos da juventude e as políticas de internação”.

O ciclo faz parte da II Semana de formação em direitos humanos e educação popular, realizada pela Ação Educativa de 11 a 15 de julho com o objetivo de reforçar a potência da educação popular na construção de conhecimento e reflexão na luta por direitos.

A atividade realizada pelo Fundo Brasil e parceiros será dividida em três partes. Na primeira, das 14h às 16h, haverá rodas de conversas com o tema “A proposta do aumento do tempo de internação e a seletividade da aplicação de medidas socioeducativas”.

Na primeira roda, “Para Além do Vigiar e Punir”, serão discutidos os impactos e efeitos da proposta do aumento do tempo de internação de adolescentes e a crescente militarização dos aparatos repressivos. Também serão debatidas estratégias para trabalhar com jovens a partir de uma perspectiva de garantia de direitos e de integração à sociedade. A mediação será de Christiane Gomes, da Fundação Rosa Luxemburgo.

A segunda roda de conversa terá como tema “Mecanismos de Justiça Restaurativa e as medidas não-privativas”. Com mediação de Gal de Souza, da Ação Educativa, serão discutidos os limites da liberdade assistida, os riscos do aumento do tempo de internação e os desafios para que medidas não-privativas de liberdade sejam priorizadas em relação à internação. O questionamento é “Como superar o discurso punitivista e a lógica prisional no sistema socioeducativo?”.

Na segunda parte da atividade, das 16h30 às 18h30, haverá a exibição do  documentário “Encerrados” e debate.

Na terceira parte, das 19h30 às 22h, ocorrerá o debate “A seletividade da segurança e Justiça Criminal”, que vai abordar a gentrificação e higienização, racismo e políticas de segregação, contenção e eliminação e o aumento do tempo de internação de jovens. A mediação será de Taciana Gouveia, coordenadora de Projetos do Fundo Brasil.

Representantes de projetos apoiados pelo Fundo Brasil vão participar das atividades como facilitadores e debatedores. Entre os grupos que terão representantes estão o Comitê Cearense pela Desmilitarização, o Centro de Direitos Humanos de Petrópolis, o Fórum de Juventudes do Rio de Janeiro, o Gajop, o Ideas-BA e a Pastoral Carcerária.

Saiba mais

O que: Ciclo de formação “Repressão, militarização e controle de adolescentes: a seletividade da segurança e da Justiça – Um olhar sobre os direitos da juventude e as políticas de internação”

Data: 13 de julho de 2017, quinta-feira

Horário: 14h às 22h

Local: Ação Educativa – rua General Jardim, 660, Vila Buarque, São Paulo

Mais informações e inscrição, clique aqui

Realização: Ação Educativa, Fundo Brasil de Direitos Humanos e Fundação Rosa Luxemburgo

 

 

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais